fbpx

O meu testemunho…quase como viver um momento de estrelato!

Esta jornada teve início há cerca de 2 anos quando, após uma entrevista para a Antena 1, fui contactada pela Joana e pela Teresa. Acedi imediatamente ao convite para participar e contribuir com o meu testemunho para a plataforma. Subitamente, senti-me quase a viver um momento de estrelato!A plataforma Vidas sem Fronteiras é uma oportunidade... Ler mais →

Reflexões de quem sair de Portugal era impensável.

É curioso, principalmente porque até há poucos anos, jamais se punha a possibilidade de viver/trabalhar fora de Portugal! Sair de Portugal era Impensável. A vida era aquela rotina, sem grandes dúvidas de que tudo aconteceria por ali, numa linha certinha que era seguida em segurança, no conforto do conhecido. No entanto, a situação agora é... Ler mais →

Ficamos?! Por quanto tempo? E para onde vamos?

Desde que vim morar para Malta, a questão do ir ou ficar, de quanto tempo ficar ou para onde ir a seguir, fazem parte do dia-a-dia... não só do meu, mas muito do nosso e dos nossos amigos e família. Quando vim para Malta, supostamente seriam só 9 meses. Um projecto e está feito, dizia eu,... Ler mais →

Vou mudar novamente… e agora?

Quando começas uma vida de expatriado, o mais frequente é iniciares uma verdadeira vida de nómada e o mais frequente é mudares de país de tempos em tempos. As mulheres com quem trabalho vivem esta vida de nomadismo acompanhando os seus maridos ou companheiros e levando consigo a bagagem de uma vida toda. Quando a... Ler mais →

Quando o marido não é português (2)

Quando me pediu em casamento (os mexicanos mantêm a tradição de comprar um anel de noivado, ajoelhar e pedir em casamento – bem como ir à casa dos futuros sogros pedir a mão da namorada), já tínhamos falado em ir viver para a Europa. O casamento seria em Portugal e essa seria a altura ideal... Ler mais →

Quando o marido não é português (1)

Tinha 22 anos quando cheguei à Cidade do México para fazer apenas um estágio pela AIESEC, numa consultora mas acabei por ficar cinco anos. Não ia à procura de nada em específico, contudo ia com o espírito aberto, alma de aventureira e acabando por conhecer o meu futuro marido. A adaptação ao país e à... Ler mais →

Pós nascimento na Holanda

Nascer na Holanda Quando a filhota chegou e foi registada, recebemos logo uma série de marcações: Primeiro veio logo uma enfermeira a casa – basicamente cuscar as condições da casa, e ver se a criança é bem tratada ou não. Fazem o mesmo quando as mães ainda estão grávidas. Recebemos também um pedido para enviar... Ler mais →

Peripécias linguísticas de uma família mista!

Quando vivemos numa, como eu gosto de lhe chamar, família mista (ou seja,  uma família em que os pais têm nacionalidades diferentes), em que todos falam o idioma de todos, é certo que irão acontecer aventuras linguísticas muitos engraçadas!   No início da minha aprendizagem de alemão, quando me queixava relativamente à dificuldade de acertar... Ler mais →

Meu querido mês de Agosto

Verão, Natal, Verão, Natal… Não sei bem quando começa a ansiedade de planear as férias e as idas a Portugal. Se no verão ou se no Natal, é um pouco como aquela história do ovo e da galinha. No Verão já organizamos o Natal e no Natal já organizamos o Verão, na medida do possível,... Ler mais →

Subir ↑