fbpx

Trabalhar na Suécia

Fika?
Uma das primeiras palavras que se aprende quando se chega à Suécia, logo a seguir a Hej para Olá e Tack para Obrigado é FIKA e o seu significado ganha importância especial quando se trabalha.

Mas depressa se aprendem outras palavras que parecem siglas ou o refrão de uma qualquer música pop. Jobba, Vabba, Vobba.

Na Suécia por norma, full-time work implica 40h laborais por semana e 25 dias de férias por ano. Dependendo dos contratos e da sindicalização das empresas (mais informações no fim) pode incluir uma pausa de almoço curta (25-30 min) ou não, mais dias de férias, maior pensão e imensas reuniões diárias e semanais mas o que inclui sempre e sem exceção são as pausas para FIKA.

Resumidamente Fika é uma pausa para café e bolo – mas é bem mais do que isso, Fika é um fenómeno social, um pretexto para reservar uns minutos em prol de tempo de qualidade, não se juntar aos colegas de trabalho nessa pausa é mal visto, assim como trabalhar até tarde ou fora de horas é mal visto, ir trabalhar engripado ou doente é uma afronta à saúde dos demais, e levar os filhos adoentados para o trabalho nem pensar.

Para isso é que existem as outras palavras:
Att Jobba significa trabalhar
Att Vabba significa “vård av barn” – cuidar de criança doente
Att Vobba é um misto de Jobba e Vabba – trabalhar de casa ao mesmo tempo que se cuida da criança doente.

E sim, algumas destas palavras já foram aprovadas pela Academia Sueca de Vocabulário nos últimos anos.

Mas trabalhar na Suécia não é só fika, há pausas, há flexibilidade de horários, ou de trabalhar de casa nalgumas situações e quando contratualmente estipulado, mas o resto do tempo trabalha-se afincadamente, reúne-se muito e planeia-se bastante, mas não há críticas nem olhares de lado se se tiver que ir buscar os filhos à escola ou ficar com eles em casa por estarem doentes. Assistir à abertura das aulas ou ao coro de Natal é até assunto para Fika e entusiasticamente todos apoiam aquela manhã em que se teve que ficar a fazer bolinhos para o Fika da escola – desde que tenham sobrado alguns para o Fika do trabalho.
E claro, melhor ainda se o trabalho não ficar por fazer.

Trabalhar também pode ser um team building a fazer pizzas ou aprender a velejar, intercalado claro com reuniões, mais reuniões e fikas, muitos fikas.

Outro fenómeno sueco é a sexta feira, onde pelas 3 da tarde se percebe que a maioria deixa os postos de trabalho para iniciar o fim de semana. Há uma espécie de código de conduta que permite essa folga desde que se tenha cumprido as horas mas mais do que isso o trabalho planeado.

Comum também é receber um email auto-reply constatando que se está de férias durante 4 semanas seguidas ou de licença de paternidade por 6 meses.

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: