Sobre a Irlanda

Viver na Irlanda é bom, se compararmos com Portugal. Arranja-se trabalho com muita facilidade e os salários são muito bons. Um salário mínimo ronda os 1600€ e é um pais muito mais relaxado do que Portugal.

No entanto, algumas coisas são um pouco mais complicadas. Arranjar casa para alugar tem-se tornado cada vez mais difícil e caro, sobretudo em Dublin. Neste momento alugar um apartamento com 2 quartos com transportes acessíveis ronda os 1800€. Para procurar casa para alugar usa-se o site http://www.daft.ie

Os transportes públicos dependem muito de onde se vive. Em Dublin temos o Luas, que é nada mais do que um metropolitano à superfície com duas linhas, a verde e a vermelha. A linha verde é a zona mais abastada, que é a zona sul da cidade. A linha vermelha percorre a zona norte e este da cidade e é uma zona proletária. Os autocarros são frequentes se estivermos numa zona relativamente central. Em zonas mais afastadas do centro da cidade os autocarros são mais raros, podendo haver apenas 1 por hora. Dublin Bus é uma empresa pública e é responsável pela maioria dos autocarros, no entanto, no final de 2018 uma outra empresa ficou responsável pelos autocarros de zonas mais afastadas, TFI – Transport for Ireland.

O sistema de saúde na Irlanda é bastante mais caro comparando com Portugal. A taxa de urgênciano hospital são 120€ e ir ao GP (médico de família) custa à volta de 50-60€ por consulta.

Caso haja algum problema o melhor a fazer é ir a um GP, e caso seja necessário ir ao hospital o GP passará uma carta (referral) para apresentar nas urgências, com a qual se fica isento do pagamento da taxa de urgência. Este sistema funciona para todas as pessoas, excluindo quem tem o medical card.

Crianças até aos 6 anos têm o “medical card” e não pagam consultas quando vão ao GP.

O sistema educativo é bastante diferente do português. As creches são todas privadas e custam à volta de 1000€ por mês para uma criança que frequenta a tempo inteiro (por exemplo das 8h da manhã até às 18h). A maioria das creches aceita crianças a partir dos 6 meses (altura que termina a licença de maternidade) até aos 5/6 anos. A partir dos 3 anos as crianças frequentam o sistema Montessori, normalmente na mesma instituição.

O sistema educativo público é grátis e acessível a todos e quase todas as escolas estão sob a alçada da Igreja católica. Há também escolas protestantes – Church of Ireland e ainda escolas laicas – Non denominational, as quais são conhecidas como Educate Together.

No entanto para se ter a certeza que se encontra uma vaga na escola pretendida, deve inscrever-se a criança assim que possível, pois as listas de espera são absurdamente grandes. Há pessoas que inscrevem os filhos nas escolas assim que nascem.

O sistema educativo oficial começa com 2 anos de pré-escola: Junior Infance e Senior Infance. No entanto a pré-escola é de frequência obrigatória. No entanto os pais podem decidir se a criança irá com 4, 5 ou 6 anos de idade.

A maioria das crianças começa com 5 anos, incluindo a minha filha que começará o Junior Infance para o ano.

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: