Saúde e Educação no Japão

Luis Raimundo

Neste artigo vou expor o que consegui perceber sobre o sistema de saúde e educação no Japão, aproveito e no final do texto deixo enumerado eventos tradicionais Japoneses.

Saúde

Não tenho opinião pessoal sobre o sistema de saúde no Japão mas posso dizer que não é negado atendimento a ninguém e funciona muito bem mas pode ser um pesadelo se precisar-mos de nos dirigir a uma unidade de saúde sem qualquer tipo de seguro de saúde (pode chegar facilmente às dezenas de milhares de euros se tivermos de ser hospitalizados).

Com seguro de saúde nacional creio que todas as instituições de atendimento de saúde são abrangidas, públicas e privadas. No entanto penso haver sempre um custo associado. 


Educação

Retirado do Educação no Japão – InfoEscola

“No Japão a educação é uma prática ancestral, pois antecede o próprio exercício da escrita chinesa neste país, a qual teve início no século VI. No princípio ela se limitava à aristocracia, elite da sociedade japonesa. Ao longo do Período Edo, porém, a massa popular já havia conquistado o acesso ao sistema escolar; os samurais foram beneficiados com cursos especificamente direcionados a eles, mas as outras classes contavam com escolas mistas, nas quais aprendiam a escrever, ler e contar.

Por meio desta estrutura educacional 40% dos japoneses já eram alfabetizados quando, em 1868, foi deflagrada a Restauração Meiji. Nesta mesma época instituiu-se no Japão o sistema de escolas primárias, secundárias e foram criadas as primeiras universidades. Os alunos percorrem cinco etapas

  1. o jardim-de-infância, que pode durar de um a três anos;
  2. o primário, que contabiliza seis anos;
  3. o ginásio de 1º grau, o qual soma três anos;
  4. o ginásio de 2º grau, igualmente com três anos de duração;
  5. e finalmente a Universidade, concluída normalmente em quatro anos.”

educação japonesa prima também por uma disciplina radical e uma tradição acirrada, fatores já responsabilizados várias vezes pelo alto índice de suicídios entre adolescentes e jovens, os quais são psicologicamente pressionados pelas famílias e por este sistema educacional altamente exigente.

Atualmente este mecanismo está em fase de transformação, pois no Japão também urge a acomodação da educação ao mundo pós-moderno; assim, é preciso que os alunos aprendam também a exercitar a liberdade e o ato criador. Segundo o Suplemento de Educação Superior do “The Times”, as principais instituições universitárias japonesas hoje são a Universidade de Tóquio, a Universidade de Quioto e a Universidade de Osaka. As escolas particulares têm um papel igualmente importante na educação, especialmente nas esferas da pré-escola e do ensino superior.”

Actividades e tradições


No japão qualquer atividade relacionada com tradição e datas comemorativas é de aproveitar:

  • Tradição e kimonos na passagem de ano,
  • Cerimónias de chá, festivais de rua, entre muitas outras e que variam de cidade para cidade.

Não podem perder, comida específica de cada cidade/prefeitura que também pode estar relacionada com tradições ou datas festivas.

Lê também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: