Resoluções de Fim de Ano

Isabel Sturtz

Resoluções de Fim de Ano. Visão pessoal (e rebelde) da tradição.

Não acredito em Resoluções de Fim de Ano, mas que elas existem, existem. 

Resoluções de Fim de Ano. Desejos de Fim de Ano.

Das tradições portuguesas que mantenho e incentivo os meus filhos a ter é a das passas na passagem de ano. 

Como rebeldes fiéis, em vez de passas, comemos uvas. Em vez de espumante, bebemos cidra de maçã. E em vez de resoluções, pensamos em doze desejos.


De certeza, que os desejos mais recentes dos meus gêmeos envolvem Minecraft, livros e planos maquiavélicos para conquistar o mundo. Enquanto que os do meu adolescente, são de natureza mais modesta, e envolvem planos de Controlo da Mente (especificamente, a dos pais) tipo Jedi na Guerra das Estrelas

Desejos. Simples expectativas de atingir algo sem planos. 

Resoluções de Fim de Ano  sempre quando forem necessárias.

Alegadamente, graças aos Romanos, andamos há mais de dois mil anos, pelo ocidente, a celebrar o início do Ano Novo em Janeiro. 


Um período de fim e começo onde após uma reflexão, sobre o ano defunto, as resoluções podem nascer.

Depois é uma questão de tempo até sermos bombardeados por todo lado, com estatísticas do falhanço das Resoluções de Fim de Ano, bem intencionadas mas nunca concretizadas. Até na Forbes

É uma armadilha! Corre! O mais rápido que conseguires!

Sinceramente, se algo não está alinhado com os nossos objetivos, identidade pessoal ou é um problema, porquê esperar até ao final do ano?

Mas o que fazer quando por vezes há uma tendência em adormecer ao volante e delegar praticamente tudo ao piloto automático (Mel Robins) ou até mesmo de tomar uma decisão  em não querer enfrentar o presente e viver ou no passado ou no futuro (Eckhart Tolle),  ou milhentas mais desculpas, uma mais esfarrapada que a outra?

Resoluções. O truque é ter plano.

Resoluções. Decisões de solucionar um problema.

Por si só, não têm caducidade mas só para ser do contra e não querer fazer parte da estatística habitual e anual das Resoluções de Fim de Ano é necessário ter um plano para dar uma chance a qualquer decisão de solucionar um problema. 

Sê o teu próprio Project Manager

“If you fail to plan, you are planning to fail!”/ “Se falhares em não planear, estarás a planear falhar”Benjamin Franklin

Uma das únicas certezas que tenho, para além da que há fantasmas aqui em casa que comem chocolates e escondem as embalagens no sofá, é de que mais cedo ou mais tarde a vida como a conhecemos irá ter um término.

Talvez valha a pena manter as contas em dia e não esperar até ao final do ano para as acertar. 

“Não deixem nada por fazer nem nada por dizer. Aproveitem a Vida” António Feio

Feliz Ano Novo.

Lê também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: