fbpx

Primeira semana de quarentena

A primeira semana passou. Não foi fácil mas o que interessa mesmo é que estamos todos bem e sem sintomas.

Na Suiça as escolas fecharam sexta feira dia 13 de Março, e a grande maioria das empresas colocou toda a gente a trabalhar a partir de casa. Os miúdos passaram a ter aulas à distância através duma Plataforma chamada Seesaw.

Aqui por casa mantivémos o horário do despertador e toda a rotina, as crianças até vestiram a farda da escola. Improvisei duas salas de aula nos quartos dos miúdos e preparei uma campainha. A escola tem inicio ás 8.30, cada secretária está preparada com o material e os instrumentos de trabalho necessários. As atividades vão aparecendo nos iPads e a loucura começa…

Com muita paciência iniciei com a minha filha mais velha de 7 anos e deixei-a a fazer a primeira atividade para ir ter com o meu filho do meio de 5 anos, no entanto era sempre interrompida pelo mais pequeno de 3 anos que só queria que o irmão fosse brincar com ele. Pedi ajuda ao meu marido que, apesar de estar também a trabalhar na sala, conseguiu ligar os bonecos na Tv e entretê-lo nas primeiras horas da manhã. O mais pequeno tem também atividades mas adiamos para quando houvesse oportunidade e disponibilidade.

As minhas manhãs passaram-se entre um quarto e outro, uma correria constante e algumas inspirações e expirações para que a paciência não me faltasse. Ao longo da semana houve alguns momentos em que não consegui manter-me calma e gritos, pausas forçadas e algumas intervenções do meu marido foram necessárias.

Tentei manter os intervalos e as horas de almoço nos horários habituais. Nas últimas atividades escolares da manhã, deixava-os sozinhos para terminar o almoço para os 5, que já estava mais ou menos alinhado. Almoços sempre feitos com a preocupação de variar a comida e comer saudável.

Durante a tarde quando a escola terminava a minha grande luta era contrariar a ida para os iPads e televisões e incentivar as brincadeiras nos quartos e no jardim, quando o tempo ajudava.

A semana foi cheia de desafios, de exigências não físicas mas psicológicas, não é fácil para os pais ensinarem nem é fácil para os filhos aprenderem com os país, ainda por cima, no meu caso, ensino em inglês e francês o que dificulta as coisas. Acredito também que todo o ambiente de casa dificulta a aprendizagem mas tentei e tentarei contrariar isso.

Durante o fim de semana pretendo que falemos do que correu bem e menos bem com vista a melhorar alguns aspetos, é importante ouvir os miúdos. Na verdade, é tudo novo não só para nós mas principalmente para eles.

Termino esta semana com o sentimento que dei o meu melhor, no entanto podia ter tido mais calma e paciência em alguns momentos e pretendo melhorar na próxima semana consciente que o que mais interessa é estarmos bem e em casa a aguardar que esta fase termine.

Um comentário em “Primeira semana de quarentena

Adicione o seu

  1. Deve ser muito difícil!! Espero que tenham encontrado uma rotina e escola e vocês abrandado expectativas de aprendizagens consideradas essenciais!! Boa sorte!!

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: