fbpx

O tempo passa sem ti

Um dos sentimentos que todos sentimos (e que os expatriados sentem de forma muito especial) é a tristeza pela incapacidade em controlar o tempo. O tempo passa e nós não o conseguimos parar. Por exemplo, se vieste a Portugal nestas férias visitaste a família e os amigos e percebeste (mais uma vez) que a vida acontece sem ti. O tempo passa sem ti.

Mesmo quando estás longe, as crianças crescem, as reuniões familiares acontecem e algumas pessoas partem. A vida acontece e tu estás ausente! Esta perceção pode provocar em ti uma certa tristeza e é normal que assim seja. Mas, mais que tristeza esta perceção deve levar-te a pensar.

Já pensaste que também a tua vida acontece? Os teus dias, semanas e meses passam… sem os outros. Já pensaste que também tu és chamada a construir a tua vida, a somar momentos e a construir memórias? Se não tomares conta desses momentos e das tuas escolhas, a tua vida vai passar sem ti… Vais ficar a assistir à sequência de acontecimentos, como quem está numa sala de cinema? Ou vais agarrar cada bocadinho, cada momento, cada decisão e torná-los teus? Realmente teus!

Hoje deixo-te mais um desafio: Constrói um pote da gratidão. A cada dia que passa escolhe um momento especial, regista-o num pedaço de papel e guarda num pote. Mais tarde vai ser especial revisitares todos os pequenos e grandes instantes da tua vida!

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: