O inverno em Estocolmo

Estamos habituados a delimitar o inverno entre o solstício de inverno e o equinócio da primavera, mas na Suécia as estações do ano definem-se de acordo com o que os termómetros medem, interessante, não? O Instituto Meteorológico Sueco (SMHI) decreta inverno quando a temperatura média diária é de 0ºC (ou inferior) durante 5 dias seguidos.

Portanto na prática o inverno pode ser longo, muito longo, indo de novembro a março.  

Ainda é a altura do ano mais temida por nós, já que em Coimbra as temperaturas raramente descem a valores negativos, ou seja, segundo o SMHA nunca chegamos a entrar no verdadeiro Inverno. 

Cá por casa dividimos o inverno em duas partes: a tenebrosa e a esperançosa! 

A 1a dos dias cinzentos e noites longas, sem ponta de sol. A chuva enlameia e forma-se gelo mais depressa do que gostaríamos, tornando o caminhar nas ruas uma aventura perigosa. A verdade é que todos ansiamos pelo Natal. Luzes nas varandas, estrelas iluminadas nas janelas, bolinhos de açafrão, celebra-se o advento e a Santa Lúcia, as montras de Natal do NK são sempre uma grande atração assim como os clássicos mercadinhos de Natal, tudo para enganar o óbvio. Que está escuro e assim vai continuar por mais algum tempo.

E a 2a fase a esperançosa, como se dizia lá na minha terra “janeiro fora mais uma hora” e não é por acaso, a primavera está quase, quase aí, mas antes há que aproveitar! Isto se não tivermos cortado os pulsos, entretanto…

Os suecos são, acima de tudo práticos e despreconceituosos. E seguindo o seu ditado que reza assim:  Det finns inget dåligt väder, bara dåliga kläder  (não existe mau tempo, apenas má roupa), eles vestem-se mesmo de acordo com as condições meteorológicas que esperam enfrentar e enfrentam-nas. Ficar em casa não é opção e dormir até tarde um erro, corre-se o risco de se acordar e já estar escuro de novo. Esteja a neve que estiver vê-se sempre desportista no seu jogging matinal ou ciclistas a caminho do trabalho. Em Estocolmo preparam-se pistas em parques e estádios para a prática de esqui nórdico. De acesso gratuito!

Ainda assim, todos os anos, após o primeiro nevão o caos instala-se, todos os anos neva, todos os anos neva muito, mas o primeiro nevão é sempre inesperado e recebido com espanto! Alltid lika överraskande!!!  Param metros, comboios, as ruas e estradas não se limpam e fica-se a trabalhar de casa. Em passado o torpor depressivo em que Novembro nos deixa e o choque em forma de manto branco vestimos as calças ou saias e casacos de neve (ou logo o macacão mais comum nas crianças), sem esquecer o 1st layer se vamos estar muito tempo na rua (roupa interior de lã merino – calças e camisola), umas boas botas, gola, gorro e luvas e lá seguimos as vidas como se nada fosse. Nada fosse não, estupidamente felizes porque há montanhas e montanhas de neve! Não é por acaso, a neve aclara os dias escuros e à semelhança de um bom dia de praia, a neve proporciona muita diversão, patinagem nos lagos gelados ou em ringues preparados pela cidade, construções ou lutas de bolas de neve, bonecos de neve e escorregadelas de pulka…… ah e claro! Chocolate quente e salsichas na brasa.

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: