Escolas em Madrid

Cristiana Lopes

Para quem tem filhos em idade escolar, a cidade de Madrid tem oferta de escolas e colégios para todos os gostos e carteira. Há escolas em Madrid públicas, concertadas ou privadas, bilingues, trilingues, inglesas, alemãs, francesas, etc. 

A Escolaridade das escolas em Espanha

A escolaridade é obrigatória desde os 6 aos 15 anos, estes são os níveis desde o início até à universidade:

  • Primeiro ciclo infantil (infantário): de 0 a 2 anos
  • Segundo ciclo infantil (pré-primária): de 3 a 5 anos
  • Educação primária: de 6 a 11 anos 
  • ESO (educação secundária obrigatória): de 12 a 15 anos
  • Bachillerato: de 16 a 17 anos

Todos os níveis têm instituiçoes públicas ou privadas. Os níveis obrigatórios têm colégios concertados.

Colégios públicos: 

  • Preço: gratuito
  • Refeitório: paga-se (existem bolsas para os mais carenciados)
  • Uniforme: depende do colégio, mas se tiver é preciso pagar
  • Livros e materiais: pagam-se

Colégios concertados: são privados, mas com fundos públicos, tornando-os mais acessíveis

  • Preço: paga-se a escolaridade não-obrigatória (infantil e bachillerato) e atividades extra-curriculares
  • Refeitório: paga-se
  • Uniforme: sim, paga-se
  • Livros e materiais: pagam-se

Colégios privados: 

  • Preço: paga-se 
  • Refeitório: paga-se
  • Uniforme: sim, paga-se
  • Livros e materiais: pagam-se

As inscrições

Podemos inscrever os nossos filhos num colégio privado durante todo o ano, desde que haja vaga – por exemplo podemos reservar uma vaga para um colégio para entrar em 1 ano ou 2, não há um prazo de inscrição. Normalmente as vagas são atribuidas por ordem de chegada. 

Para os colégios públicos ou concertados existe um concurso anual e temos que respeitar as datas de concurso. Os concursos normalmente decorrer entre Abril e Maio (num espaço de 2-3 semanas), a candidatura pode ser enviada online onde se colocam as listas de colégios por preferência (primera opção, segunda opção, etc).

Existe um sistema de pontos para determinar a ordem de prioridade para preencher as vagas. Há vários aspectos que contribuem para uma criança ter pontos: se tem irmãos a estudar no mesmo colégio, pais a trabalhar no colégio, local de residência e de trabalho dos pais (no mesmo bairro), familia numerosa (mínimo 3 filhos), discapacidades, entre outros.

O concurso para colégios públicos e concertados é o mesmo, ou seja, uma criança não pode entrar num colégio público e ao mesmo tempo num colégio concertado, já que estes “competem” entre eles. Podemos porém colocar como primeira opção um colégio público e como segunda um colégio concertado, por exemplo.

As diferentes tipos de escolas em Madrid

Para o primeiro ciclo de infantil (0-2 anos) existem três tipos de escolas: públicas da comunidade de Madrid, públicas do ayuntamiento de Madrid e privadas. Para os dois tipos de públicas também existem concursos, com atribuição de pontos, critérios e datas semelhantes à dos colégios, mas os concursos são separados.

Se queremos concorrer para uma escola da comunidade e outra do ayuntamiento, precisamos fazer duas candidaturas em lugares diferentes, com provavelmente diferente atribuição de pontos. A minha recomendação é candidatar aos 2 sistemas e formalizar a inscrição naquele em que tiver entrado (se entrou nos dois, escolher o de preferência). Em Madrid o primeiro ciclo de infantil público também é grátis (só se paga refeitório e horas extra – o horário normal incluido é das 9h às 16h).

Os idiomas: os espanhois não são muito famosos pelo seu nível de inglês, mas os governos mais recentes têm priorizado a aprendizagem de inglês desde os 3 anos (pelo menos). Os colégios considerados bilingues pela comunidade de Madrid têm que dar pelo menos 30% do seu horário lectivo noutro idioma (normalmente inglês). Assim, além da disciplina de língua estrangeira Inglês, as aulas são dadas em inglês em pelo menos duas outras disciplinas do currículo do Ensino Fundamental.

Uma dessas áreas é, preferencialmente, o Conhecimento do Meio Natural, Social e Cultural, enquanto a outra costuma ser a Educação Artística ou a Educação Física. No entanto, qualquer área, com exceção de Matemática e Língua e Literatura Espanhola, é suscetível de ser dada em inglês por professores que possuam as qualificações linguísticas correspondentes.

A minha experiência pessoal

Partilhando a minha experiência pessoal, tenho dois filhos no primeiro ciclo de infantil, numa escola pública do ayuntamiento de Madrid e ambos os pais estamos muito contentes com a escola, com a maneira como tratam os bebés e com o rácio educadores-alunos (8 bebés 0-1 ano para 2 educadoras; 12 bebés 1-2 anos para 2 educadoras e 15 bebés 2-3 anos para 2 educadoras). Pagamos 144€ por cada filho por mês (96€ de refeitório + 12€ ao mês por cada meia hora extra diária – pedimos 2h extras por dia, porque entram às 8:30 e saem às 17:30).

Fiz a candidatura para a minha filha mais velha começar o segundo ciclo de infantil em Setembro, mas estava só interessada numa rede de colégios específica que tem concertados e privados. Como havia uma probabilidade muito grande de não ter pontos suficientes para entrar no concertado (devido à alta demanda e não viver no mesmo bairro nem ser familia numerosa nem ter mais filhos ou trabalhar no colégio), decidimos também reservar a vaga num colégio privado do mesmo grupo. Ainda não sairam os resultados do concurso dos públicos/concertados, mas não esperamos entrar.

Espero que este artigo seja útil para aqueles que se estão a aventurar pelo mundo da educação em Espanha. 

Lê também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑