fbpx

Educação financeira para crianças: ensinar o valor do dinheiro

Será a educação financeira para crianças algo intrínseco ou extrínseco à educação? Sabia que boa parte dos conceitos e hábitos financeiros formam-se antes dos 7 anos de idade?

O que é então a Educação Financeira para crianças?

Ensiná-los desde cedo a importância e o valor do dinheiro pode ajudar a mudar a relação que desenvolvem na vida adulta. A isto chamamos educação financeira para crianças. Falar sobre dinheiro não deve ser tabu, especialmente porque as crianças vão de certeza ouvir falar sobre isso e é melhor que ouçam uma boa mensagem.

Educação financeira para crianças não é fugir às perguntas difíceis, mas também não é sobrecarregar com demasiada informação dando muito valor ao dinheiro. Explique o valor do dinheiro, quanto poderá ser preciso trabalhar para o adquirir e que nem sempre temos o suficiente para pagar algo que desejávamos. Dar prioridade os nossos desejos com as nossas necessidades momentâneas e com o dinheiro que dispomos será a base da educação financeira para crianças.

A educação financeira para as crianças começa em idade escolar. Assim, a partir dos 7 anos de idade, as crianças podem receber uma mesada e é importante que durante as primeiras semanas a criança mostre como o dinheiro foi gasto para a poder orientar na relação que ela vai tendo com o dinheiro. E neste pequeno gesto estamos a dar a chamada educação financeira para crianças.

3 sugestões essenciais para educar financeiramente as crianças

1. Mostre como gasta dinheiro nas tarefas quotidianas, como:

  • Fazer compras;
  • Pagar contas online

Inclua também estas tarefas, em que há gastos de dinheiro, nas rotinas das crianças para que aprendam e percebam que o dinheiro que não é infinito.

2. Ensine a guardar alguma parte da mesada

Quanto mais cedo se aprende o valor de separar parte do dinheiro melhor. Seja através de mesada, semanada ou um troco ocasional. É importante que as crianças percebam a importância de guardar dinheiro para objetivos desejados por eles próprios, mas não essenciais – um passeio ou um brinquedo, por exemplo.

3. Nós os educadores temos obrigatoriamente de dar o exemplo.

As crianças aprendem através de observação e prática. É recomendável ser franco com a criança sobre os bons hábitos que pratica. Concluímos assim que grande parte desta educação financeira para as crianças, é intrínseca à educação sendo a familia o primeiro pilar.

Recomendo aqui um livro que influenciou a minha educação financeira


Um comentário em “Educação financeira para crianças: ensinar o valor do dinheiro

Adicione o seu

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: