Como manter as resoluções de Ano Novo?

Joana Duque

Passámos pouco tempo do início do ano, e talvez já nem pensemos muito nas resoluções de Ano Novo. Aquelas que fizemos no momento das 12 badaladas, ainda te lembras quais foram?

Nesse momento, a nossa motivação está em alta e escolhemos como resoluções coisas que queremos que aconteçam e que queremos alcançar.

E a pergunta é: Como conseguimos manter as nossas resoluções, ou melhor: Como podemos concretizar essas resoluções.

Vou deixar-te algumas dicas que te podem ajudar a que as resoluções de Ano Novo não passem para 2023.

1. As resoluções de Ano Novo são da tua responsabilidade?

Quando escolhemos o que queremos no ano que começa, temos de optar por resoluções cuja responsabilidade seja totalmente nossa (ou pelo menos em grande parte!). Assim se desejares por exemplo ter saúde, apesar de não teres o controlo completo nesse desejo, controlas as tuas opções que levam ou não a uma maior saúde.

2. A resolução serve-te mesmo?

Um aspeto muito importante para mantermos as nossas resoluções é que elas nos sirvam verdadeiramente. O que quero dizer com isto? Se a tua resolução é acordar cedo para fazer exercício físico, tens de te questionar se será confortável para ti, ou se se encaixa na tua rotina. Caso não aconteça rapidamente vais abandonar essa resolução.

Não somos todos iguais e o que resulta com algumas pessoas com outras nem por isso, mas isso é natural e não é bom nem mau. É o que é. Assim conhece-te e respeita-te nas tuas resoluções.

3. Pensa grande, age pequeno

Um dos erros que cometemos quando escolhemos as nossas resoluções é que escolhemos concretizações grandes e que nos podem (inconscientemente) assustar. 

Assim, mesmo que a tua resolução seja grande, divide-a em pequenas conquistas e pequenas ações. Assim conseguirás ser consistente na concretização da tua resolução.

4. O que te motiva?

Por fim, um outro dos motivos que nos leva a abandonar as resoluções é não pensarmos no que nos motiva a alcançar ou realizar essa resolução.

Já pensaste a fundo qual o motivo pelo qual escolheste as tuas resoluções de Ano Novo? A grande questão é que apenas quando o motivo que te leva à ação for verdadeiramente forte e mexer contigo é que vais avançar e manter, principalmente quando for mais desafiante. Assim pensa bem porque queres manter essa resolução. Vai para além das primeiras respostas. Assim terás a certeza que manterás as tuas resoluções.

Para terminar, caso tenhas de desistir de alguma das tuas resoluções de Ano Novo não te sintas mal, pois provavelmente essa resolução ou não é para ti ou ainda não é o tempo dela.

Desejo que o teu ano de 2022 seja repleto de sucesso e realizações e (se fizer sentido) que consigas manter as tuas resoluções!

Lê também:

Um comentário em “Como manter as resoluções de Ano Novo?

Adicione o seu

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: