fbpx

Cidade do México – Um Mundo

Um Mundo

Um Mundo é como eu defino esta Cidade do México. Na cidade do México, centro e arredores vivem 22 Milhões de pessoas. A cidade é dividida por bairros. O bairro de Polanco, onde vivo e onde vive também a maior parte dos estrangeiros, é o mais elegante, seguro e onde na verdade não falta nada.

É uma cidade impressionante pela dimensão, pela diversidade, pela cultura. com muitos museus e bibliotecas.

O México, sendo um país muito rico culturalmente tem muitas festas, sendo a Festa do dia dos Mortos, no início de novembro uma celebração impressionante de cor e vida! Sem dúvida uma das coisas que levo na memória deste País. Algo fantástico!

Custo de Vida

Como viajo muito pelo país sei que os preços variam muito de Estado para Estado. Dentro da cidade e no bairro onde vivo, Polanco são os locais mais caro de todo do México. E aqui, podemos considerar o custo de vida alto.

  • O valor do café – 1.5/2 euros, facilmente. Como sou consumidor exagerado de café, compro para beber em casa café Dolce Gusto em cápsulas que neste momento custa, 1 caixa com 16 cápsulas 139 Pesos, 5.70 Euros ao cambio de hoje, 0.35 Centimos/Un.
  • O “Pollo”, vulgo frango é talvez um dos produtos mais consumidos, é relativamente barato, uma embalagem com 2 peitos de frango sem pele, custa 6.8 euros e um 1 frango assado embalado custa mais ou menos o mesmo.
  • Uma cerveja – 5 euros.
  • Na Cidade do México temos de todo o tipo de restaurantes 6 a 40 euros/refeição. Num restaurante médio uma refeição custa à volta de 400 pesos, 16/17 euros.

Supermercados

Nesta cidade em termos de supermercados, há muitos e variados,

Carro

Os carros aqui são mais baratos que em Portugal, alguns modelos com uma diferença bastante considerável. Por isso tenho colegas que levaram carro daqui para Portugal.

A carta de condução de Portugal é válida cá, mas devido á policia de estrada poderemos estar sempre sujeitos a “implicarem”. É muito fácil ter carta do México, a carta compra-se por 1 ou 3 anos. Necessita do cartão de residente, de 1 foto e 1 ainda um comprovativo de residência. E pronto, a carta sai na hora, sem exames e mais perguntas.

O estacionamento na Cidade do México é muito complicado, é pago e não há muitos lugares. Quase todos os edifícios tem estacionamentos nos pisos enterrados. De outra forma, não haveria lugar para tantos carros que
circulam na cidade. As portagens existem nas “auto pistas” e são caras para a estrada que é.

Sistema de Saúde

O sistema de saúde do México é muito bom se o pudermos pagar em privado, existem muitas clínicas e hospitais privados. Em 2018 necessitei fazer uma pequena cirurgia e entrei num dia a meio da tarde e saí talvez 24 h depois, e custou-me 4.000 euros.

Leia também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: