fbpx

Ter um carro na Suíça

Na mudança de país, a questão da mobilidade e das deslocações são sempre uma preocupação. Para quem vai precisar de um carro na Suíça, seguem algumas dicas.

Comprar um carro na Suíça

Na Suíça, os carros são consideravelmente mais baratos que em Portugal. Comprar novo é uma possibilidade, no entanto o mercado de segunda mão também pode ser interessante, já que os Suíços, regra geral, estimam bastante os carros. O site Autoscout24  ou comparis.ch são um bom ponto de partida para iniciar a pesquisa.

Se deseja comprar uma carro em segunda mão, convém lembrar que o país está organizado por cantões com grande flexibilidade fiscal e por isso nos cantões alemães encontrará carros mais baratos que nos cantões franceses. Próximo de Aarau e Zurique poderá encontrar pequenas localidades repletas de stands de carros usados. Se a sua residência for próxima tanto melhor.

Caso contrário sugerimos uma primeira pesquisa online nos sites de carros usados acima mencionados para fazer uma seleção antes de visitar a região. A oferta é muito alargada e pode tornar o processo de decisão difícil. 

Importar o carro de Portugal

O imposto suíço sobre importações de carros é atualmente de 7,7% e os direitos alfandegários são os mesmos para todos os veículos – novos ou usados. Varia entre 12 a 15 CHF por 100kg bruto (em função da cilindrada e do peso do veículo). Podem obter informação detalhada no site da alfândega.

Podemos requerer a importação temporária do veículo, e assim não é necessário recorrer ao pedido da matrícula.

Há ainda a ter em consideração o Imposto sobre emissões de dióxido de carbono. Em 2012 foi implementada uma nova lei que exige a tributação das emissões dos carros. Carros com altos valores de CO2 têm uma taxa mais alta do que carros com emissões mais baixas. Faça bem as contas para perceber se lhe compensa mais comprar um carro no Suíça ou importar o seu.

Conduzir na Suíça

Carta de condução para categoria A, A35kW, A1, B, B1, F, G, M

É possível conduzir com a carta de condução estrangeira nos primeiros 12 meses após a chegada. Depois deste período é obrigatório pedir a carta de condução suíça.

Documentos necessários:

  • O formulário mencionado devidamente preenchido. Importante: Neste formulário encontra-se uma secção de “exame de visão” que terá de ser preenchida por um optometrista a exercer na Suíça. 
  • Fotografia a cores com o nome e apelido escrito no verso
  • Uma cópia frente e verso de um documento de identificação válido.

Portagens

Não existem portagens na Suíça, apenas temos de comprar o imposto das auto-estradas, chamado de vignette), o qual deve ser exibido no pára brisas do seu carro na Suíça. Está disponível em muitos locais, tais como na fronteira alfandegária, correios, estações de serviço. O valor é de 40 CHF/ano.

Algumas dicas sobre o código da estrada na Suíça:

  • As auto-estradas estão indicadas a verde e as estradas principais a azul.
  • Compre a sua “vignette” das auto-estradas até final de Janeiro.
  • Cumpra à risca os limites de velocidade. Há muitos radares nas estradas, nos cruzamentos e semáforos.
  • Em troços da auto-estrada com muitos túneis, o limite de velocidade pode mudar a cada poucos quilómetros, fique atento a esses sinais de trânsito!
  • Ultrapassar o limite de velocidade em apenas 20Km/h pode levar a apreensão da carta por um período temporário.
  • A taxa de álcool máxima ao volante autorizada é de 0,25mg/l. A partir de 2014, os condutores recentes estão totalmente interditos de qualquer consumo de álcool.
  • De novembro até à primavera mude os pneus do carro para pneus de inverno. A maioria das companhias de seguro considera isso obrigatório.

Leia também:


3 comentários em “Ter um carro na Suíça

Adicione o seu

  1. Os carros são mais baratos sim tal como a gasolina e gasóleo e as autoestrada, mas os seguros e o imposto,são bem caros….por isso….quase vai dar ao mesmo.

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: