As “férias grandes” de Verão no Quénia

Tessy Gomes

As “Férias Grandes”

E chegou o tão esperado mês de Agosto, e assim parte do verão no Quénia. Creio que todos nós sonhávamos sempre com as “férias grandes” de verão. Mas a verdade é que aqui no Quénia a realidade é diferente. 

Agosto não é o mês mais quente e as crianças só têm um mês para as férias escolares, e em setembro começa o terceiro período. Isto claro, antes do Covid-19. Agora têm escola o mês inteiro.

Lugares a visitar

Apesar de todas estas mudanças na nossa vida devido a este vírus, o Quénia continua aberto ao turismo, e o mês de Agosto continua a ser predominante neste setor. Há imensos locais para visitar e atividades para fazer.

Deixo-vos uma lista do que podem encontrar em Nairobi, tanto para expats como para portugueses que venham só em lazer. 

  1. Safari no National Nairobi Park

É o único parque no Mundo com animais selvagens situado dentro de uma cidade. Neste momento o custo de entrada é de 20 dólares para não residentes, sem Jeep incluído. O meu conselho é procurar uma agência de tours fidedigna que já tenha taxas e entradas incluídas. Caso conheçam um local com jeep que vos faça um preço simpático, ou tenham o vosso próprio carro, melhor e mais barato.

http://www.kws.go.ke/parks/nairobi-national-park

  1. Giraffe Center

Centro de girafas onde podem dar de comer às girafas, saberem um pouco mais sobre a história de cada uma, e também podem saber mais sobre a preservação e conservação da espécie e do espaço onde estão inseridas. A entrada é de 15 dólares. trinta minutos é o suficiente para as alimentaras girafas, tirar fotos e visitar o centro educativo.

Do outro lado da estrada, mesmo em frente à entrada do centro, existe um trilho/caminho na natureza, grátis, e onde se podem cruzar com as girafas e outros animais. Aproveitem, porque podem vê-las ao perto, enquanto estamos escondidos no meio da floresta. 

  1. Sheldrick WildLife Trust Elephant Orphanage

No orfanato dos elefantes vão encontrar elefantes bebés até aos mais adolescentes. Vão poder vê-los a correr para beberem o seu biberão de leite, ouvirem a história de cada um, saber mais sobre o orfanato, apadrinhamento de um elefante, etc.

Atenção, é um espaço ao ar livre e se estiver sol, o uso do protetor solar e chapéu é fundamental. 

A entrada por norma e “gratuita”, mas à entrada do orfanato pedem para deixarem o vosso donativo que por norma são no mínimo 15 dólares e neste momento é preciso marcar a visita com antecedência.

  1. KICC – Kenyatta International Conference Centre

É um centro de conferências, de 28 andares e têm a possibilidade de subir ao “rooftop” e usufruírem de uma vista de 360 graus da cidade de Nairobi.

No seu exterior também vão encontrar a estátua do antigo Presidente Jomo Kenyatta. A entrada para não residentes é de 400 shillings e também há um custo para tirar fotos e vídeos. 

  1. Uhuru Park

Infelizmente na capital é difícil de encontrar espaços verdes onde podemos simplesmente usufruir do “ar livre”.

O Uhuru Park, com o nome do atual Presidente, creio que seja o único no centro da cidade e que infelizmente é pouco aproveitado pelos quenianos (isto porque o parque também é conhecido por “Parque dos desempregados”, quem anda à procura de emprego ou não tem onde passar o dia vai para lá). 

Na verdade, escrevo por experiência própria, é um jardim com bastante espaço verde, agradável para se fazerem atividades em família ou somente relaxar, nunca ninguém me incomodou e tem um lago que dispõe de gaivotas a pedais. 

  1. Maasai Market

Mercado onde podem encontrar todo o tipo de “souvenirs” que representam a cultura queniana e até africana. Quanto ao horário e localização o melhor é pesquisarem na Internet, pois todos os dias o Maasai Market está em sítios distintos.

Não se esqueçam de levar muita paciência (os vendedores tornam-se muito chatos e não nos largam) e negociar sempre (vão vos pedir 50 euros ou até mais por coisas que na verdade só custam 5 euros).

Deixo-vos uma dica: Procurem pelo Hotel Hilton no centro da cidade e à entrada vão encontrar duas lojas cheias de lembranças a um preço justo. 

  1. Nairobi Railway Museum

Neste museu, para além de verem os comboios mais antigos usados no Quénia (podem entrar dentro dos comboios e tirar fotos), também encontram as louças, e outros bens utilizados pela Rainha Elizabeth em 1959, aquando da sua estadia no Quénia. A entrada é de 600 ksh para não residentes.

Não dispõe de website somente da página no Facebook: Nairobi Railway Museum

  1. Nairobi National Museum

A relação custo e o que se aprende é na minha opinião correto. Para não residentes a entrada é de 20 dólares mas terão acesso a toda a herança cultural e história cronológica do Quénia. Desde, as tribos, o colonialismo, a independência do país, aos animais que estão presentes em escala real, as aves, etc..

As “férias grandes” de Verão no Quénia
  1. Bomas of Kenya

É um espaço onde podem assistir à música tradicional queniana (percussão, 50 estilos de dança), ver as casas típicas das aldeias, levando-vos do passado até ao presente da cultura. Podem ainda usufruir do restaurante onde encontram comida local. A entrada é de 10 dólares.

  1. Karen Blixen

Para quem conhece a história da dinamarquesa Karen que viveu no Quênia, tem a oportunidade de visitar a casa, hoje museu, onde ela viveu.

  1. Mamba Village

Mamba em swahili significa Crocodilo, nesta “Aldeia dos crocodilos”, na qual tem que se pagar entrada, vão encontrar crocodilos do rio Nilo, tartarugas, avestruzes e pavões. Ainda dispõem de um vasto espaço verde e restaurante.

  1. Ngong Hills

Conhecido pelas suas 7 Colinas, é óptimo para quem gosta de caminhar. Requer, no entanto, algum esforço físico devido à altitude, mas a vista compensa o esforço, de um lado a cidade de Nairobi do outro o Great Rift Valley. Encontram animais pelo caminho, hélices eólicas e podem acabar a noite num alojamento caso não queiram fazer o caminho de volta no mesmo dia.

http://www.kenyaforestservice.org/index.php?option=com_content&view=article&id=78&Itemid=524

As “férias grandes” de Verão no Quénia
  1. Kenya National Archives

Para quem gosta de bibliotecas e arquivos encontra este sítio arquitetônico no centro da cidade. Consultar preços e horários.

http://www.archives.go.ke

  1. Impala Club Ngong Road

Para quem for fã de desporto, principalmente de Rugby, este é o local para verem ao vivo. No Quénia é o desporto que se vive mais intensamente.

Encontram a página no Facebook: Impala Club

Antes de se deslocarem a qualquer local ou atividade, pesquisem primeiro na Internet as restrições, preços, moradas, etc., (podem mudar a qualquer momento devido ao Covid-19). 

Tenham em atenção as taxas praticadas no ato de compra, se são residentes ou não. Os não residentes pagam sempre mais (e bem mais).

Confinamento: 22h00 até às 04h00

Visto: +ou- 50 dólares

Viagem: +ou- 500 euros (Portugal para Quénia e retorno)Registar no site https://ears.health.go.ke/airline_registration/ antes de embarcar devido ao Covid-19

Lê também:

2 comentários em “As “férias grandes” de Verão no Quénia

Adicione o seu

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: