fbpx

Aprender o português na Suíça

Mariana Mendes

Sabia que existe um serviço do estado para aprender o português na Suíça?

Informei-me junto do Consulado de Portugal em Genebra e fiquei agradavelmente surpreendida com este magnifico serviço educativo EPE – Ensino de Português no Estrangeiro que nos é “oferecido” pelo estado português, através do Instituto Camões e das respetivas Coordenações de Ensino pelo mundo onde há um elevado número de portugueses a residir.

Pode aprender o português e a cultura portuguesa por toda a Suíça.

Existem atualmente 79 professores de português espalhados por todo o país e estas aulas de ensino do português e cultura portuguesa no estrangeiro são frequentadas por cerca de 9500 alunos portugueses, sendo cerca de 2000 do cantão de Vaud.

A frequência destes cursos de cerca de duas a três horas semanais, em paralelo com a escola suíça, conferem aos alunos graus de proficiência linguística (A1/A2/B1/B2/C1) e um diploma final como em qualquer escola de línguas. Aprendem a ler, escrever e falar em português, literatura, história e cultura portuguesas.

Aprender o português é sempre uma mais valia

É importante informar os portugueses residentes na Suíça e os que acabam de chegar da existência destes cursos e, incentivá-los a inscreverem os seus filhos para que aprendam a língua ou continuem a aprender e tenham acesso a uma certificação de competências linguísticas que será sempre uma mais valia e certamente útil nas suas vidas futuras profissionais e pessoais.

Inscrições

As inscrições estão a decorrer de 1 de março a 15 de abril, mediante o pagamento de uma taxa anual que inclui manuais escolares e provas de certificação. Para inscrições e mais informações podem consultar o link do EPE ou contatarem a Coordenação de Ensino nos Consulados de Portugal em Genebra e em Zurique ou na Embaixada de Portugal em Berna.

A minha experiência

Os meus filhos estão inscritos e frequentam estes cursos desde o 1° ano do 1° ciclo (3° HarmoS) e têm duas Professoras fantásticas em Nyon. Sabemos que para eles não é fácil, depois de um dia de escola ainda terem mais 2/3 horas de escola portuguesa, é cansativo, mas para o bem deles há que incentivá-los, persistir e nunca desistir.

Posso dizer-vos que com todos os Suíços e estrangeiros com quem falo e a quem digo que os meus filhos estão inscritos na escola portuguesa e como funciona, todos me dizem que realmente é um privilégio o Estado Português possibilitar este serviço, pois não há muitos países que proporcionem um ensino como este aos seus nacionais no estrangeiro.

Aprender o português e não só

O EPE na Suíça proporciona ainda outros serviços de ensino como o ensino a distância e o português para estrangeiros.
Ainda outra informação útil para quem não completou os seus estudos do ensino secundário em Portugal, nem terminou a escolaridade obrigatória, jovens ou adultos, agora também já poderão fazê-lo na Suíça, através de uma colaboração entre a Associação de Apoio à Comunidade Portuguesa e o Externato Séneca em Lisboa, que proporcionam o ensino a distância e a realização dos exames na Suíça.
Também ao nível politécnico existe um protocolo para intercâmbios estudantis entre esta Associação e o Instituto Politécnico de Bragança.

Cultura portuguesa na Suíça

Todos os anos se realizam na Suíça as “Olimpíadas da Língua Portuguesa” em Genebra, a “Expo Cultura Lusa” em Lucerna, o “Portugal Open” em Sierre, que são eventos de divulgação e promoção da língua e da cultura portuguesas, a não perder. Existem também várias rádio web e jornais e revistas (Seletiva, Repórter X …) em português, uns de melhor qualidade que outros, que divulgam os feitos da nossa comunidade na Suíça. A descobrir!


Todas estas ferramentas estão à disposição e existem para que os nossos filhos não esqueçam e/ou aprendam o português mesmo vivendo no estrangeiro, por isso, continuem a falar com eles em português, informem-se, divulguem, utilizem estas ferramentas e aproveitem! Saber e dominar várias línguas é uma vantagem neste mundo global e o português é a quarta língua mais falada no Mundo antecedida do inglês, espanhol e mandarim e a terceira mais falada na Europa.

Valorizemos a nossa língua e as nossas raízes, estejamos nós onde estivermos!

Leia também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: