fbpx

Andar em Amsterdão (1)

Na Holanda existem mais bicicletas que habitantes….não sei se é verdade, mas parece. Em Amsterdão elas estão por todo o lado, e são um perigo para os turistas incautos que geralmente param em cima das ciclovias. Apesar de ter bicicleta e ir de bicicleta para o trabalho, não é o meu único meio de transporte.

Transportes públicos
Em Amsterdão ( e na Holanda em geral, parece-me) os transportes públicos funcionam bem (excepto quando começa a nevar….aí pára tudo!!!!!).
Comboio (NS.nl), Tram, Metro e Autocarro (GVB.nl)  são os meios existentes, e a grande facilidade é que um cartão (ov chipkaart) serve para todos, e melhor…serve em toda a Holanda. Um dos meus colegas riu-se de mim quando perguntei se o meu cartão funcionava em Roterdão, onde ele vive.
Há várias maneiras de viajar com o ov chipkaart: passes de comboio, passes da gvb com zonas (como em Lisboa e Londres), débito directo, e carregamentos na máquina. Ainda no comboio, há um desconto anual, que por cerca de 50 euros as viagens nas horas fora de ponta, incluindo fins de semana, têm 40% de desconto, e o desconto é extensível a mais 3 pessoas que viajem juntas. Há também a possibilidade de ter um cartão anónimo, ou com nome. O importante é o “check in” e “check out”. Se não se fizer o checkout paga-se o montante máximo. No comboio é necessário ter um mínimo carregado no cartão para conseguir fazer o check in (o montante varia de acordo com o tipo de cartão: 20 euros para um cartão anónimo, 10 euros para um cartão com desconto).

Bicicleta
É fácil andar de bicicleta em Amsterdão, fora do centro da cidade. O centro, para mim, é demasiado caótico…demasiadas bicicletas, demasiados turistas, demasiada confusão. Só andei uma vez no centro de bicicleta e às tantas, comecei a ir com ela pela mão…
Pode-se transportar bicicletas no comboio, no metro e no tram 26. De resto não é possível. O que eu acho mais difícil a andar de bicicleta são as pontes fora do centro (“ligeiras” subidas e como são zonas mais abertas geralmente têm muito vento), e claro, quando está vento contra. Com chuva também é mais difícil, mas com umas calças de chuva (comprei as minhas na Hema, na secção de criança), uma gabardine ou casaco impermeável, e uma protecção para a mochila a coisa faz-se. No inverno é imprescindível usar luvas….as mãos congelam com o vento frio…. No verão é uma maravilha, excepto os insectos que voam contra mim….


Um comentário em “Andar em Amsterdão (1)

Adicione o seu

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: