fbpx

A vida no Luxemburgo

Custo de vida

A vida no Luxemburgo tem um custo elevado porque a mão de obra é cara. No entanto, existem produtos que são mais baratos que em Portugal tais como: os combustível, os automóveis, os electrodomésticos, os produtos cosméticos, entre outros. Um dos factores que contribui para isso é a diferença entre o IVA nos diferentes países. O IVA no Luxemburgo é 17%, o mais baixo da União Europeia e em Portugal é de 23%.

Os preços na restauração são mais elevados que em Portugal:

  • O prato do dia num restaurante português situa-se entre 10€ a 14€
  • Café Expresso numa pequena localidade custa 1.40€, no entanto se me dirigir ao cento da cidade do Luxemburgo pode chegar aos 2.40€;
  • Um frango grelhado á Portuguesa a carvão custa entre 8€ a 9€  
  • Um bife varia entre 20 e 27€ de boa qualidade
  • O vinho a partir de 30€ a garrafa mas também existem os pequenos restaurantes Portugueses onde encontramos a 14€ o mesmo vinho.
  • As sobremesas custam acima dos 6€ num restaurante internacional mas num Português varia entre 2 e 4€

Avaliando o esforço necessário e comparando com Portugal, no Luxemburgo necessitamos de menos horas de trabalho para conseguir fazer uma boa ceia romântica do que em Portugal. Aqui com o valor de quatro horas de trabalho consigo pagar um jantar romântico com aperitivo, prato principal, sobremesa e café num bom restaurante.

Os preços de mercearia nos supermercados são equivalentes aos de Portugal. Já a carne e o peixe atingem valores superiores aos praticados em Portugal. Se estivermos atentos, existem promoções e uma grande concorrência entre as várias cadeias de hipermercados. Recebemos semanalmente as promoções semanais, e é uma questão de perder um pouco de tempo e ir ao mais económico, que na minha opinião são o Aldi ou o Lidl.

Dificuldade encontrar alojamento

O grande problema deste país é a dificuldade em encontrar alojamento, tanto para comprar como para alugar, quase todos os imóveis estão nas agências imobiliárias.

No caso do aluguer, é o inquilino que tem que pagar um mês à agência imobiliária, mais um mês de aluguer e um de caução. Dado o excesso de procura, os proprietários podem escolher com base nos recibos de vencimento dos últimos três meses, o que torna muito difícil para quem chega e não tem um pé de meia.

Para comprar um apartamento, com cerca de oitenta metros quadrados novo, o preço está entre os 600 e 750 mil € (5 e 8 mil € o metro quadrado). Uma moradia nova com 180 m quadrados cerca de um milhão e duzentos mil euros.

As pessoas que ultimamente se tornaram proprietários são escravos do alojamento, já que têm que trabalhar cerca de trinta anos para pagar elevadas prestações, ficando pouco para viver dignamente. De corrente desta situação, criamos um grupo para defender os interesses dos novos proprietários e arrendatários, esta pobre gente está a criar novos milionários neste país com o seu suor.

Escassez de mão de obra por falta de alojamento

O estado também não está a fazer um bom trabalho por isso temos convidado a imprensa do país para denunciar estas injustiças. Organizamos manifestações em vários pontos do país, organizamos conferências com os políticos do governo e da oposição para encontrar uma solução para o grande problema deste país: Escassez de mão de obra por falta de alojamento.

Recomendo que procurem alojamento para aluguer no LuxBazar um jornal semanal que se encontra á venda nas papelarias e nos postos de venda de combustíveis. É neste local que os proprietários privados colocam alguns anúncios de bens para arrendar e não é necessário pagar comissão. Existem outras plataformas como por exemplo: www.immotop.lu .

A vida no Luxemburgo
Um pequeno pedaço do céu na terra

Saiba também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: