fbpx

A Passagem de Ano

A Passagem de Ano a menos 7h da minha terra Natal

Este vai ser o nosso sétimo ano a festejar esta data memorável sem estarmos em Portugal, mais concretamente na minha terrinha, São Miguel, Açores, onde os festejos são muito especiais.

A passagem de ano em Portugal era sempre em casa de família com muitos primos e tios, com muita comidinha boa e muitas gulosidades. Alguns anos fomos até ao centro da cidade de Ponta Delgada ver o fogo de artifício e muitas vezes ficávamos por lá a ver os espetáculos musicais.

Reveillon em British Columbia, Canada

Desde que nos mudamos para British Columbia, Canada, o Reveillon tem sido muito diferente, com menos família mas felizmente alguns foram passados com alguma família directa minha, como a minha mãe e as minhas duas irmãs. Outros foram passados com amigos e colegas de trabalho e em muito bom ambiente também. A comida, muito boa, algumas típicas Canadianas e outras portuguesas, marisco tem sempre que haver e champanhe já que ambos os países têm esse costume.

Diferença de sete horas, festejamos duas vezes

O facto de estarmos a menos sete horas dos Açores faz com que festejemos duas vezes, quando aqui ainda são 17h, lá é meia noite, hora do primeiro festejo. Normalmente, estamos ainda nos preparativos para os festejos, a cozinhar, por exemplo, no caso de ir receber amigos e ao mesmo tempo estamos a desejar um Bom Ano a todos em Portugal através de vídeo chamadas.

Os primeiros anos foram meio agridoces digamos assim, e fazia alguma confusão aos miúdos mas agora já são maiores e já percebem que se deve há diferença horária. Agora a euforia é a dobrar para desejarem Happy New Year e Bom Ano!

Os últimos anos com mistura de tradições

Todas as passagens de ano por aqui têm sido diferentes, umas muita típicas portuguesas e com família e só comidas portuguesas, outros anos em casa de amigos ou na nossa casa. Temos feito uma mistura de tradições.

O ano mais chique digamos assim, foi o de 2017 em que festejamos no salão paroquial da igreja Portuguesa “Our Lady of Fatima” em Vancouver (capital desta província).

Felizmente há muitos portugueses por cá e comunidades que não querem deixar morrem tradições e aquele ano sem dúvida foi memorável. Até leitão comemos, assim como marisco, uma mistura de iguarias portuguesas açorianas e continentais.

Este ano de 2020 será diferente

Este ano de 2020 vamos estar só os 5 em casa porque não nos podemos juntar-nos com ninguém devido à corrente situação pandêmica. A paparoca há de ser boa e não vão faltar video chamadas e a esperança que para o ano seja como no passado, todos juntos de novo em grandes grupos.

Um Bom ano de 2021 a todos os Portugueses espalhados pelo mundo!

Leia também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: