A Natureza na Polónia

Duarte Carvalho

Podemos sentir falta do nosso litoral português, das fantásticas praias, da gastronomia e do mar, mas a Polónia também tem belos e diferentes locais para nos oferecer. Este país é bastante conhecido pela sua Natureza, nomeadamente, reservas naturais, parques nacionais e florestas. Neste artigo, vamos dar a conhecer algumas das principais florestas e outras que ficam nas imediações das cidades de Cracóvia e Varsóvia, conhecidas pela grande oferta de atividades muito populares entre os polacos.

Cracóvia

Foi em tempos a capital do país, mas mesmo perdendo esse estatuto para Varsóvia, não deixa de ser uma das cidades mais importantes, conhecida pela sua cultura (museus, cinemas, galerias…) e pela enorme população estudantil, devido à existência de várias de universidades na cidade. Também é conhecida pela sua paisagem verde em volta do centro e pelos seus parques e florestas nos arredores da cidade.

Floresta Wolski

Entre o aeroporto de Cracóvia e a cidade, temos o que é considerado a floresta “citadina”, Las Wolski (Floresta Wolski). Esta floresta está preparada para passeios, caminhadas e tem ciclovias (oito vias principais para caminhar e andar de bicicleta), é a floresta mais popular, dada a proximidade da cidade. Tem vários locais para visitar, tais como o Zoo de Cracóvia, Castelo Przegorzały, Mosteiro Camadolese e os vários montes, entre eles, o Monte Piłsudski, o mais característico da cidade para visitar.

Ojców Parque Nacional 

A noroeste da cidade e ao lado dos vales (dolina) de Będkowska e Kobylańska, tem bons locais para escalada (desporto radical) devido às grandes rochas existentes, temos o parque nacional, também considerado um local popular pelos habitantes locais. A 24Km da cidade fica o Parque Nacional, muito apreciado pelos habitantes locais, para fins-de-semana prolongados, feriados e reuniões familiares ao ar livre. O parque tem vários locais para piqueniques e tem proximidade com os vales, onde se pode acampar e para fazer refeição de grelhados, peixe e carne (kiełbasa (salsicha polaca grelhada), saslik (espetadas) e pstrąg (truta do lago)). O Parque Nacional tem rochas monumentais para admirar (recomenda-se bom calçado para caminhar no parque), sendo também conhecido pelas suas 400 caves (Ciemna, Lokietek e Zbojecka são as principais para visitar) Por fim, não se pode deixar de mencionar o castelo Pieskowa Skała, sendo umas das suas principais atrações, sempre cheio de turistas.

Niepołomice, Zabierzów, Myślenice, Tyniec

Se descrevessemos e enumerassemos todos os locais, o artigo seria bastante extenso. No entanto, não podemos deixar de referir alguns locais (pequenas cidades ou aldeias) perto de Cracóvia, que são bastante conhecidas pela colheita de fruta e essencialmente pela colheita de cogumelos. Obviamente, é necessário ter cuidado (e também muita paciência) ao embarcar neste tipo de aventura, porque alguns dos frutos podem pertencer a terrenos privados (normalmente existe sinalética a indicar), e alguns cogumelos selvagens podem não ser próprios para consumo.

Varsóvia

Sendo a capital da Polónia e dada a sua importância na história do séc. XX, a cidade é mais conhecida pela sua arquitetura e monumentos relacionados com a grande guerra e com a União Soviética. No entanto, a cidade não deixa de ter paisagens naturais que podemos admirar e locais para visitar e nos conectarmos com a Natureza.

Floresta Bielański

Sem dúvida, uma das principais florestas e um dos principais locais de visita para os habitantes de Varsóvia. Para além dos habituais percursos e ciclovias, a floresta tem o castelo Królewski (Castelo Real), igreja de Santa Ana e o grande pátio adjacente a ambos edifícios (é um espaço reservado, com algumas restrições, sendo que não é permitido crianças brincarem ou o usarem patins), local de passagem obrigatória para os turistas. Por fim, a floresta é muito restrita em termos do que é permitido, para que a sua conservação seja acautelada. Dado este facto, não é permitido levar animais de estimação, acampar, fazer fogo, nem colher cogumelos.

Floresta Młociński

Esta floresta adjacente a Młociny e com percurso e ciclovia de cerca de 3.5 Km em direção a Varsóvia, mas não tão grande, se comparada com as florestas e vegetações dos arredores, é mais conhecida pela diversidade de natureza (árvores), pela migração de animais selvagens e por ter dois pontos altos (miradouros) para observar em pleno a floresta. Ainda assim, está perto do parque nacional (mencionado a seguir) e pertence à zona protegida de Varsóvia, pelo que o mesmo tipo de restrições anteriormente mencionadas, são praticados aqui. Ainda assim, existem na floresta, locais de diversão e a possibilidade de acampar.

Kampinoski Parque Nacional

Este é o parque nacional localizado perto de Varsóvia e de visita obrigatória para os turistas, é pela sua importância uma das reservas reconhecidas pela UNESCO. Para além da diversa fauna, flora e a sua imensa dimensão de 377.56 km², o parque nacional tem diversas rotas principais que ligam a diversas pequenas cidades ou regiões próximas do parque. A principal atração é sem dúvida as dunas e grande área areal que possui, sendo que é algo não comum nesta região e no país. Possui também alguns monumentos e um cemitério relacionado com a Segunda Guerra Mundial, assim como outras estruturas abandonadas ou em ruínas.

A Natureza na Polónia

Floresta Legionowskie

Esta é outra floresta pertencente à região (voivodia) de Varsóvia e também é um local de eleição para passeios a pé e de bicicleta, assim como para outras atividades recreativas. Podemos enumerar as mesmas mordomias que o local oferece, no entanto, umas das maiores atrações é sem dúvida os estábulos e percursos para aprender a andar de cavalo. Muitas vezes durante o passeio, somos cumprimentados por locais da região, que também se deslocam a cavalo. 

Mazowiecki Parque de Paisagem

Um dos parques muito importantes da região, especialmente para os estudantes da universidade de Varsóvia dedicados ao estudo de fauna e flora.  Este parque tem proteção florestal e controlo de população animal/vegetal, sendo um dos mais indicado para visitar/conhecer a Natureza desta região. Tem cerca de 1000 espécies de vegetação/plantas, assim como 60 espécies de animais, sendo um ponto de passagem obrigatório. Para além disso, o parque tem diversos monumentos feitos de madeira dedicados à região e aos animais representativos de diversas reservas.

Curiosidade: como percorrer a floresta

Se caminharem a pé pelos diversos trajetos e caminhos irão reparar em diversos símbolos pintados pelas árvores, levando à curiosidade de muitas pessoas. Os caminhos são marcados com cores (fundo branco) de acordo com a seguinte cor:

A Natureza na PolóniaVermelho – este é o caminho principal, será o passeio mais interessante em termos de paisagem e natureza.

szlak turystyczny niebieski Azul – um caminho de longa distância, normalmente caminhos de ligação a diferentes locais fora da floresta.

szlak turystyczny zielony Verde – um caminho mais curto, normalmente direcionado para os habitantes locais da região.

szlak turystyczny żółty Amarelo – um caminho curto de conexão ou acesso.

szlak turystyczny czarny Preto – uma estrada de acesso curto

A Natureza na Polónia Da esquerda para a direita: continuação do trajeto em frente, continuação do trajeto na direção representada, e fim do trajecto.

A Natureza na Polónia Para caminhos próprios para bicicletas.

Os passeios e os contactos com natureza passaram a fazer parte dos nossos fins-de-semana, foi a forma que encontramos para descobrir um pouco mais da Natureza da Polónia.

Lê também:

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: