fbpx

A mudança muda quem somos?

Esta é uma pergunta que me fazem muitas vezes e que eu própria me faço muitas vezes.

Quando vivemos uma situação de mudança, como mudar de emprego, mudar de casa, mudar de país, existem aspetos que vão mudar com toda a certeza, mas a grande questão é:

E Eu ? MUDO?

Com toda a certeza, as opiniões em relação a esta questão são muito diferentes e a minha opinião também já foi evoluindo ao longo do tempo, com a minha experiência pessoal e como coach.

Quando mudamos algo, e quanto maior a nossa mudança (a mudança de país é sem dúvida uma das mais marcantes) existem diversos mecanismos internos que são alterados e afetados. No entanto, eu acredito que a nossa essência não muda, quem eu sou, as minhas características, os meus valores não mudam! A perceção que tenho do mundo muda sem dúvida, a minha experiência leva-me a uma evolução como pessoa, mas a minha essência não altera!

Então, porque vivo tantas vezes dilemas internos por estar a ter experiências tão diferentes? A achar que já não sou a mesma, que já nem me reconheço?

A verdade é que na maioria das vezes temos de encontrar a nossa identidade na nova realidade. E isso pode implicar lidar com crenças que temos que não são verdade e que nos limitam. 

Por exemplo, quando deixamos de trabalhar, pode acontecer que nos sentimos menos porque já não somos aquela profissão, porque sempre nos disseram que para ser alguém temos de ter uma profissão, uma ocupação. Isso pode nos levar a um conflito interno imenso que nos deixa com sentimentos de frustração e culpa. 

Eu vivo em Portugal e não sou emigrante, vivi uns meses na Finlândia, mas não posso dizer que tenha sentido essa mudança da forma como os seguidores da Plataforma vivem, mas tive uma situação de doença há uns anos, que me ia impedir de continuar a trabalhar da maneira como sempre o tinha feito. Senti-me completamente vazia e incompleta. Deixei de me considerar eu…

Mas depois de algum trabalho interno percebi que antes de qualquer profissão, eu sou eu mesma! E é nessa essência que devo viver, fazendo o que faça, tendo a profissão que tenha, ou nem tendo profissão! Os meus dons e habilidades podem ser utilizados em tantas formas diferentes que posso continuar a deixar a minha marca no mundo à minha maneira!

E tu? Como podes deixar a tua marca no mundo?

Lê também:

Um comentário em “A mudança muda quem somos?

Adicione o seu

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Subir ↑

%d bloggers like this: